Quem mora nas capitais e gosta de praticar golfe, certamente já passou por momentos em que desejou poder relaxar um pouco e aproveitar uma boa partida, mas sem precisar se afastar tanto do perímetro urbano. Para estes, o Itanhangá Golf Club é uma excelente opção, já que fica na Barra da Tijuca.

A criação deste clube foi uma verdadeira revolução no Rio de Janeiro, já que até à fundação deste em 1933, a prática do golfe era restrita ao Gávea Golf Club e o acesso reservado a sócios, membros de empresas norte-americanas, canadenses e britânicas. Já o Itanhangá Golf Club possuía um sistema de adesão um pouco mais flexível, mas ainda bastante restrito e seletivo, tendo apenas cerca de 600 sócios e com inscrição de valor elevado, restrito ao máximo de inscritos disponibilizado pela casa.

O campo de golfe do Itanhangá Golf Club é uma referência internacional, sendo citado como um dos 100 melhores campos de golfe para treinar do mundo. Ele dispõe de 6664 jardas e uma área de 40 hectares distribuídos em belas paisagens, com grama minunciosamente cuidada, seguindo os padrões internacionais de qualidade e estilo, o que garante aos exclusivos jogadores uma experiência de alta qualidade.

Além da estrutura do campo de golfe, que possui 27 buracos e ainda exige um dress code para que os jogadores desfrutem do campo, o Itanhangá Golf Club possui um complexo de lazer e salão de festas que é referência na realização de bailes de debutantes e casamentos de alto luxo. Outra vantagem é que, apesar de muitos recursos do clube serem restritos aos sócios, é possível realizar passeios ou desfrutar do restaurante, que é aberto ao público e que oferece pratos de qualidade a um preço justo, proporcionando aos clientes que desejam conhecer um clube de luxo, uma boa experiência.